7 dicas para lidar com a ansiedade

Esse ano está sendo o mais desafiador da minha vida. Eu achei que 2019 estava complicado, mas ele não passou nem perto desse tal de 2020.

Todo ano eu penso isso: “nossa que ano difícil! Que o próximo seja mais tranquilo!”, mas a verdade é que os anos não têm sido mais calmos para mim e nem para a maioria das pessoas com quem eu convivo. Não mesmo.

2020 está de parabéns no quesito despertador de ansiedade e esse foi um tema que eu vi as pessoas falando exaustivamente e que bom que falaram já que assim a gente não se sente desesperada achando que só nós estamos enfrentando esse “mal”.

A verdade é que é um boom de acontecimentos e ainda em uma pandemia que somados deixam nossos nervos a flor da pele.

A ansiedade, como já se sabe, influencia muito na nossa qualidade de vida e, em níveis altos, que é o que tem acontecido comigo esse ano, ela acaba se transformando em sintomas físicos como dores de cabeça, tremores, taquicardia, medo de algo ruim acontecer, sensação de desmaio.

Os sintomas físicos variam muito de pessoa para pessoa e a ajuda de um profissional nos ajuda a ter consciência do real tamanho do que estamos passando porque a tendência de quem teve uma crise como as que eu vivenciei é a de pensar que o pior pode acontecer.

A terapia tem me ajudado a enfrentar essa situação de um jeito que eu nem consigo descrever. Só sei que agradeço muito a Deus a oportunidade de ter acesso a ela.

A minha estratégia contra a ansiedade

Para lidar com essa situação eu criei uma listinha de “primeiros socorros” e quando eu sinto que uma crise está prestes a se aproximar eu recorro a ela o mais rápido que posso.

Vou deixar aqui algumas das coisas que mais me ajudam para que cheguem a alguém que precise ler esse post. Me sentirei muito feliz de imaginar que podem ajudar alguém.

Respirar

Parece besteira e básico, mas não é.

A dica é respirar conscientemente e ficar presente nesse processo. Eu faço ciclos de respiração profunda e isso, aos poucos, vai me acalmando e eu coloco a mão no peito justamente para sentir como o coração vai desacelerando.

Nos meus ciclos eu inspiro contando até 4 e expiro contando até 8. Só o fato de contar já me ajuda também a voltar para o momento presente.

Chás

Chá para mim é como se fosse um carinho que eu faço em mim mesma. Amo desde pequena quando minha mãe fazia pra mim e hoje faço e chega como um abraço na alma, sabe? Dá aquele aconchego e quentinho no coração.

Chá de camomila: meu favorito da vida toda e, se eu não estiver enganada, é o queridinho de todos quando o assunto é acalmar e relaxar. Eu sempre tenho em casa e é o que tem o efeito mais rápido no meu caso.

Chá de hortelã: esse alivia o estresse e também é um dos que eu mais gosto.

Chá de alecrim: esse, pelo menos pra mim, não tem um dos melhores gostos, mas ajuda e muito quando estou ansiosa.

Conversar com aqueles que me acolhem

Não sei como é para as outras pessoas, mas eu por muito tempo tentei dar conta sozinha desses pensamentos insistentes que causam ansiedade, aliás eu tentava dar conta de tudo na vida sem pedir ajuda a ninguém, a tal da síndrome da Mulher Maravilha.

Hoje, definitivamente, eu posso dizer que me curei disso. Peço ajuda das pessoas que mais amo e converso seja por mensagem, seja em uma ligação, ou pessoalmente respeitando as medidas de segurança que a pandemia exige.

O que eu percebi é que o simples fato de ter alguém para falar nesses momentos nos ajuda a perceber que não estamos sozinhos como, muitas vezes, acreditamos estar. Tem momentos em que nossa mente está tão envolta em coisas que nos fazem mal, que alguém vir e falar sobre uma receita ou um filme novo e nos tirar desse ciclo já traz um alívio imenso.

Escrever

Essa é uma das coisas que mais amo na minha vida e me ajuda a colocar para fora tudo o que está na minha mente e no meu coração.

Eu sinto como se, quando eu escrevo, a angústia fosse sendo retirada de mim e sendo colocada ali naquele papel.

Falar comigo mesma com empatia

Quando o medo começa a chegar ou o coração começa a acelerar eu inicio um diálogo de auto amor. Repito em voz alta frases de apoio a mim mesma como essas:

  • Você é forte.
  • Vai passar logo.
  • Eu estou aqui com você e estarei pra sempre.
  • Querido corpo, está tudo bem, você está seguro.
  • Você já venceu antes.
  • Vai ficar tudo bem.

Falar com Deus

Eu simplesmente sento e começo a conversar com Deus, Jesus, São Miguel, Meus Guias espirituais… são tantos os que estão disponíveis no astral para nos oferecem ajuda e apoio, mas nossa humildade em pedir ajuda tem que partir de nós.

Livre arbítrio, não é?

E todas, sim absolutamente todas, as vezes que eu peço sempre chega um alívio, um sinal, alguma prova de que eu não estou sozinha e de que, sim, eles me ouvem.

Relaxamento da Louise Hay para Ansiedade

Esse relaxamento guiado, me ajudou várias vezes a voltar a calma durante uma crise de ansiedade e eu sou muito grata por ter encontrado essa preciosidade..

A verdade é que parece mágica. Eu nunca consegui chegar até o fim do áudio porque eu colocava antes de dormir e só acordava no dia seguinte.

Eu termino esse post por aqui reforçando que faço terapia e isso me ajuda muito mais do que eu poderia imaginar que me ajudaria. Digo sem nem pensar duas vezes que nem sei o que seria de mim sem a ajuda da minha terapeuta durante os últimos acontecimentos na vida.

A quem se sentir confortável com a ideia eu indico com todo o meu coração que o faça. É um lindo passo em direção a mais saúde, ao amor-próprio e aceitação.

Hoje temos vários profissionais que disponibilizam atendimentos a valores mais acessíveis e na área holística, caso essa seja uma opção aos que acreditam é óbvio, eu já vi vários oferecendo atendimentos gratuitos ou com valores simbólicos com as mais diversas técnicas disponíveis nesse mundo.

A você, que leu esse post, espero que alguma dessas dicas lhe ajude a acalmar seus coração.

Lembre-se: você não está sozinho e isso vai passar!

Estamos todos conectados. Confie. ❤

Um grande abraço!


Um comentário sobre “7 dicas para lidar com a ansiedade

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s