O banquinho da Inequação

Lembro de uma vez estar assistindo uma palestra e ouvi Gasparetto, um grande mestre para mim, falando sobre o tal banquinho da inadequada.

Na época eu estava sentada nesse banquinho há anos e anos.

Desde pequena eu ouvi muitas coisas sobre meu temperamento e sobre minha aparência. Ou eu era demais, ou eu era de menos. Nunca estava no tom certo.
Resumindo: era sempre a inadequada.

Eu ía aceitando tudo o que falavam sobre mim e acreditando, afinal, eu não me conhecia para saber que eles não me viam como eu era de verdade.

Por anos e anos eu carreguei tudo o que ouvi e continuei sentada naquele banco sem forças pra levantar.

Depois de muita sofrencia mergulhei no autoconhecimento de cabeça e parti pra terapia. Eu estava cansada de ser sempre errada.

Um belo dia eu decidi tentar me levantar do tal banquinho. Pra minha surpresa nada me prendia a ele, a não ser as coisas que eu acreditei serem verdadeiras.

Não havia ninguém ali me segurando. Eu não estava amarrada. E as vozes eram apenas vozes.

Elas continuaram na minha cabeça, mas eu me conhecia melhor e sabia que muito do que eu ouvi estava longe de ser verdade.

Então eu me levantei e comecei a caminhar.

As tais vozes, os julgamentos, foram ficando para trás.
A cada passo firme que eu dou elas ficam cada vez mais baixas e enfraquecidas.

Há de chegar o dia em que eu não ouvirei mais voz alguma que me aponte como inadequada.
Esse será, certamente, o dia em que eu me conhecer, me amar e me aceitar por inteiro.

Sigo em frente com a certeza de que a voz do meu coração sempre será a mais importante.

Ah e para aquele banquinho eu não me permito mais voltar.

E você, alguma vez já se sentou nesse banquinho?


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s