Nossa verdade sempre fala mais alto

Levou um tempo pra eu perceber que o que realmente importa é como eu me vejo e não como os outros me veem.

Eu sempre me vejo muito colorida.

Eu amo as cores desde que era pequena e coloria as revistinhas que meu pai comprava.

As cores me trazem vida e alegria.

Na hora de escolher uma roupa eu não sei ir para o lado dos tons básicos, nem discretos.

O que eu gosto é de por no mundo as cores que minha alma carrega.

O período em que eu tentei ser algo que eu não era levaram embora todas as minhas cores.

Cheguei até a pensar em fazer aquelas análises pra saber a minha paleta de cores.

Ainda bem que não fiz porque seria uma perda de tempo. Eu me conheço o suficiente para saber que eu iria usar tudo ao contrário do que me dissessem para usar.

Eu deixei de usar maquiagens coloridas porque ouvia que maquiagem era algo fútil.

Eu deixei de usar meus vestidos estampados e coloridos porque me falavam que eram bregas e fora de moda.

Eu deixei de pintar as unhas porque ouvia que era algo muito banal.

E, como era de se esperar, a nossa verdade, cedo ou tarde, grita e eu estou retomando tudo o que larguei por ter escutado os outros.

Cada vez que eu me vejo colorida eu me sinto eu mesma e nenhuma voz me diz mais como me vestir.

E se tudo que eu gosto de usar for brega então brega é maravilhoso pra mim.

Ah, e se existir uma paleta de cores que combine comigo, com a minha alma de verdade mesmo, então ela deve ser: ARCO-ÍRIS BRILHANTE.

Eu não consigo esconder quem eu sou(e nem quero).


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s